As treze Atividades Físicas Que Mais Queimam Calorias

Como Acelerar O Metabolismo


É descomplicado continuar abalado sobre o assunto quais treinos de musculação temos que amparar no momento em que o propósito máximo é ganhar músculo. Nas academias os professores passam o mesmo treino “feijão-com-arroz” (que eles consideram o melhor) pra todos, e na internet há uma gama tão amplo de alternativas que cada um fica sem saber o que fazer. Infelizmente, ou seja normal. A sensacional notícia é que existem alguns treinos pra ganho de massa que neste instante estão sendo usados há décadas, no mundo inteiro, e eles costumam funcionar pra maioria das pessoas pela maioria dos casos.


Não há em razão de continuar rompendo a cabeça com tentativa e defeito. Os treinos de musculação a escoltar são os mais usados no mundo inteiro e comprovadamente funcionam. Escolha o que mais lhe agrada e se encaixa em tuas necessidades. Treinos de musculação fullbody são conhecidos por serem aquelas rotinas de iniciantes que só funcionam pra gerar a adaptação inicial.


Ledo engano. Executado do jeito claro, eles funcionam super bem pra ganho de massa e potência, tão bem que caras como Arnold e teu mentor Reg Park imediatamente o usaram. E tem um bônus. Considere que em algum momento da sua existência, seu trabalho e/ou estudos só vão permitir que você treine duas ou três vezes na semana.



Se você está seguindo uma divisão de treino comum (ABCDE tendo como exemplo), uma ausência na semana vai estragar a perpetuidade do treino e algum grupo muscular vai cessar sem desafio. Nesses cenários o treino fullbody entra como uma luva. E mesmo que você simplesmente queira experimentar um treino novo pra gerar novos estímulos, ele assim como não desaponta.


No fullbody treinamos todos os grupos musculares no mesmo dia, três vezes por semana e com um ou dois dias de descanso entre cada treino. Utilizando exercícios compostos para quase todos os grupos. Descansamos um dia e começamos novamente. Em vista disso desejamos treinar incontáveis grupos musculares no mesmo dia sem afetar a recuperação de nenhum deles, e você estará totalmente recuperado no momento em que for treiná-los novamente. Depois do fullbody e upper/lower, treinos de musculação para receber massa magra do tipo push/pull/legs são um dos treinos mais descomplicado e efetivos que existem. Porque permitem que você treine numa divisão ABC ou ABC2x de uma maneira que um grupo muscular não afete a recuperação de outro. Por exemplo: no momento em que treinamos o peitoral utilizando exercícios livres bem como esmagamos trabalhamos os deltoides e tríceps.


Em treinos de musculação comuns você provavelmente vai treinar o peitoral muito próximo do deltoide e/ou tríceps, afetando a recuperação de todos, influenciando negativamente a ganho de massa muscular e impedindo que você treine 100 por cento na próxima vez. No push/pull/legs você treina padrões de movimento ao invés de grupos musculares, evitando inteiramente este defeito.


No dia de push, você treina todos os grupos musculares que empurram, isto é, o peitoral, deltoides e tríceps - ninguém vai interferir a recuperação de ninguém e no próximo treino você estará completamente recuperado e pronto para outra guerra. No pull, todos os grupos musculares que puxam, que essencialmente são os músculos das costas e bíceps. No de pernas, todos os inferiores. E por constituírem metade do organismo, merecem um dia único de treino. Se você for newbie, o impecável é acompanhar o treino exatamente como foi proposto. Se você é intermediário e avançado com consciência corporal, é possível transformar esta rotina de três dias em 6 dias.



Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *